ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

POESIA - DE SE FECHAR EM COPAS


DE SE FECHAR EM COPAS
Por tudo se aborrecia.
Fechava a cara e esperava para revidar.
Como já ninguém ligava pra seus amuos,
ela ficava enclausurada nas cismas,
enquanto todo mundo vivia e nem aí
para a pobre fechada em copas.

Ela não se dava conta do tempo que perdia,
assim levando essa vida truncada.
Ora mulher, acorda que o tempo
das suas criancices já passou!
 O mundo gira coalhado de alegrias,
mas também de dores profundas.

Ouça as notícias!

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário