ARTE DAS LETRAS

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

POESIA = AMORES QUE PASSARAM

Resultado de imagem para MULHER DE COSTAS

AMORES QUE PASSARAM
Abro o leque dos meus amores,
uns tão incoerentes,
outros tão efervescentes,
alguns sem futuro algum.
Em todos joguei a alma,
rasguei o peito para entregar o coração.

Engraçado!
Olhar de longe agora
e ver como tudo me foi tão sério,
que morria um pouco em cada fim.
E não morri coisa alguma!
Apenas fiquei mais conhecedora de mim.
Sábia?
Nem tanto!
Porque se um amor
batesse, agora, à minha porta
a traiçoeira emoção
faria perder-me outra vez
tomada de fervilhante paixão.
Qual o quê!
 Para o amor a gente não muda.

by Didi Leite



Nenhum comentário:

Postar um comentário