ARTE DAS LETRAS

sábado, 8 de outubro de 2016

GOTA DE POESIA - SILÊNCIO


SILÊNCIO

Seguindo o caminho das flores
encontro borboletas,
ou indo atrás de  borboletas
encontro  floridos jardins?
Eles estão ligados por natureza.

Às vezes uma borboleta dispersa
entra pela minha janela...
Voa, colore, pousa  na cortina
e se vai repentina...
Breve brisa colorida que passa pela gente...
Silenciosa entra,
calada se vai...
Devíamos aprender o silêncio com elas.

by Didi Leite


Nenhum comentário:

Postar um comentário