ARTE DAS LETRAS

terça-feira, 12 de julho de 2016

POESIA - NÃO SOU DE FÔRMAS E FORMAS


De não Sou de Fôrmas e Formas

Não escrevo poesia presa na
fôrma da rima e da métrica.
Não sou parnasiana,
passei desse tempo.
Talvez nem moderna.

Sou de hoje, de agora.
Escrevo livre de formas e formatos.
Sou cativa das palavras,
estas, sim, me prendem
e me carregam no embalo
da semântica e da sonoridade.
Há palavras celestiais,
outras, metálicas, que arranham
os tímpanos e a alma.
Algumas são frias,
outras, atritos de vidros
que tilintam como cristais.
Há as aveludadas, macias e generosas.
Todas utilizo quando me liberto

nos versos das poesias. 

by Didi Leite 

Nenhum comentário:

Postar um comentário