ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 22 de julho de 2016

POESIA - MINHA VIOLA CAIPIRA


MINHA  VIOLA CAIPIRA

Dessa viola que  você
ri, desdenha e despreza
tirei melodias pra encantar
seu coração.
Não aprendi a tocar,
de certo que não,
toco por destinação.

Mas você nunca apreciou
o som  que ela fazia,
porque não apreciava o violeiro
que por trás dela dedilhava
 floreios de toadas
com tanta emoção.

Vou guardar essa viola,
e só volto a tocar pra chorar
o abandono que vou ficar.
Violeiro tem mania de chorar
nas cordas do braço da viola.

Vá, segue seu caminho
porque a estrada é longa...
As lágrimas e a viola
ficam guardadas no sufoco
do peito que parece estourar.

Agora não dá,
um dia volto a melodiar.
Tudo tá  que é  tristeza só,
tenho medo da minha viola
não aguentar...

by Didi Leite








Nenhum comentário:

Postar um comentário