ARTE DAS LETRAS

domingo, 3 de julho de 2016

POESIA - DIA FRIO


De Dia Frio

Manhã fria.
Ar cinzento.
A chuva peneira e desanima o dia.
Há beleza no inverno,
estação que nos faz cativos
dos limites de casa.
A alma fica em hibernação
e a gente silenciosa.
Parece que não há espaço
para fugaz alegria.

Bom meditar a vida,
olhar através da vidraça
os galhos das árvores molhados
e as folhas amarelecidas pelo chão.
Saem as folhas de ontem
cedendo lugar a outras

da próxima estação.

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário