ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 10 de junho de 2016

PÁGINAS SOTAS - AI MOURARIA - MEU QUERIDO PORTUGUÊS

AI MOURARIA

Ela não fugiu à tradição que todo jovem lusitano
era  atraído por uma pele trigueira.
Jovem, olhos pretos, dentes  branquinhos
cabelos em caracóis e pele acetinada tirante a canela perfumada.

E os três portugas se quedaram,
cercaram,
seguiram,
e até a missa foram só pra ver
a tenra morena.

Ela não se deteve em nenhum,
apenas o mais tímido
justo o de olhos verdes chamou sua atenção.
Mas não deu química,
não deu liga
e eles se foram com olhares esticados...

Por onde andarão aqueles lusitaninhos?
E aqueles olhos verdes?
Por aí com filhos, netos e suas lembranças....
Hoje, ela canta o fado "Ai Mouraria" e lembra dele....

by Didi Leite



Nenhum comentário:

Postar um comentário