ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 10 de junho de 2016

CONTOS QUE TE CONTO - O DIA "D" DE ISABEL - 4a. Parte


CONTOS QUE TE CONTO

O DIA "D" DE ISABEL

4a. Parte

...... continuação


- Pra que? O que você está pensando arrumar?
- Nada! Só quero saber por curiosidade. Só isso.

Dias depois, Isabel já sabia que o casamento seria no primeiro domingo de dezembro, às dezoito horas na igreja de Santa Marta. Ótimo! Pensou a moça.

No domingo do casamento, Isabel estava mais quieta que nunca. Almoçou com a família e, no meio da tarde, disse que ia ao cinema com uma amiga. E a moça saiu de casa calmamente, como uma onça que arma um ataque.

Eram quase dezessete e trinta e a porta da igreja já apresentava grande movimento de convidados, carros,  mulheres e homens engalanados chegando para o casório.  Dezessete e cinquenta chegam o noivo, os padrinhos e a família dele.  Dezoito e vinte chegam a noiva e toda a sua comitiva. Noivos no altar. Padre entra. Começa uma pequena preleção que antecede a cerimônia. Quando a cerimônia  começa finalmente, o noivo  recita as palavras:
- Eu, Jiliard Salviano Rodrigues aceito como legítima esposa....
Neste instante, uma voz esganiçada lá do meio da igreja grita:

                                   continua....


by Didi Leite


Nenhum comentário:

Postar um comentário