ARTE DAS LETRAS

segunda-feira, 6 de junho de 2016

CONTOS QUE TE CONTO - O DIA "D" DE ISABEL - 1a.parte


CONTOS QUE TE CONTO

                                  O DIA "D" DE ISABEL

                                                      1a. Parte

O DIA "D"  de ISABEL

A cerimônia do casamento estava marcada para às dezenove horas na igreja de Nossa Senhora de Lourdes, que ficava no mesmo bairro onde os  noivos, Isabel e Jiliard moravam.
Eram dezesseis e quarenta da tarde daquele sábado, e a casa de Consuelo estava um alvoroço só. Todo mundo resolveu se arrumar na casa da noiva. Consuelo e Jessé, além de Isabel, tinham, ainda , mais dois filhos, Andre e Álvaro.
O banheiro era todo de Isabel.  Foi quem primeiro tomou banho e foi sentar no pufe do seu quarto para se maquiada e fazer o penteado.
Os homens diziam que não tinham  pressa para usar o banheiro, eles se arrumavam rápido. Seu Jessé apressava a mulher. Consuelo, já irritada, ansiosa e cansadíssima, mandava ele não encher a sua paciência.
Era um tal de:
- Mãe, cadê minha toalha?
- Mãe, preciso de um xampu...
- Consuelo, cadê minhas meias escuras?
- Mãe, me dá um copo com água pelo amor de Deus! Choramingava a noiva.
E Consuelo parecia um azougue pra lá e pra cá, até que deu uma bronca em todos:
- Vejam se vocês me dão um tempo! Ufa! Eu também quero me arrumar! Ficam que nem bezerros desmamados atrás de mim, que coisa!

Todos prontos, carros na porta, noiva nervosa, os rapazes enforcados nas gravatas, Jiliard  andando sem rumo pela sala. Foram saindo. Por último, o pai, seu Jessé, e a noiva.

                                continua...


by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário