ARTE DAS LETRAS

sábado, 7 de maio de 2016

POESIA - DO BOTÃO À FLOR


DO BOTÃO À FLOR
Nasceu-lhe no coração
um botão de flor,
Flor de dor.
Cada aurora
quando o sol desponta
no novo dia,
o botão desabrocha no seu coração.
E as pétalas entreabertas vão virando
uma flor
- saudade -
Uma saudade assim nascida da dor
por alguém que se foi
e que ela sabe que não volta,
não voltou e não voltará.
Uma saudade lenta que veio e para sempre ficará,
de alguém que ela tanto amou
com quem conviveu por longos anos
e que hoje só tem essa saudade
na forma de uma
- flor de dor -

by Didi Leite


Nenhum comentário:

Postar um comentário