ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 29 de abril de 2016

POESIA - A POESIA DA ESPERA


A POESIA DA ESPERA

Não ouço  no meu jardim
um  canto, um trinado ou um pio.
Não vejo o colorido esvoaçante
das delicadas borboletas.
As flores dão lugar aos pequeninos frutos que eclodem.
O que terá acontecido?
É outono!
Pássaros  já se recolhem pra mudar plumagem.
Dormem os casulos preparando lindas borboletas.

É a poesia da espera que está nesse silêncio.....

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário