ARTE DAS LETRAS

domingo, 10 de abril de 2016

PENSAMENTOS POÉTICOS - TARTARUGA DONA CASCUDA


BICHINHOS DA MINHA INFÂNCIA

Que fim terá levado a tartaruga
 Dona Cascuda que vivia silenciosamente
 andando no quintal da casa da avozinha?
Comia verdura, cascas de legumes
andava, andava  e andava
pra lá e pra cá.

Eu ficava tão indagada com Dona Cascuda!
Parecia cansada com aquela casa nas Costas.
Dona Cascuda era o nome dela ou dele?
Como saber se vivia só e calada?
Lembranças bem do comecinho da minha infância
que jamais esquecerei...

by Didi Leite


Nenhum comentário:

Postar um comentário