ARTE DAS LETRAS

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

POESIA - VIAGEM COM DESTINO À PAZ


DE VIAGEM COM DESTINO À PAZ
- Saudade, estou saindo.
Tristeza, vou embora.
Melancolia, estou de viagem.
Agonia, nem me despeço, vou.
Desencanto, dê licença.
Não digo meu destino
para que não me sigam.

Enquanto partia correndo, pensava:
- Vou pegar a barca da alegria.
Se perder a hora,
corro pra pegar o avião da felicidade.
Se perder o embarque,
resta-me o trem da esperança.
Aqui é que não fico mais, não.
Nesse trem encontro o que quiser.
Posso sentar-me com o otimismo,
dar as mãos à fantasia.
Tanto faz!
Até pousar meu coração
no colo da esperança.
Adormecer.
Só acordar no destino desse trem:
A paz!

by Didi Leite


Nenhum comentário:

Postar um comentário