ARTE DAS LETRAS

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

POESIA - O AMOR ALÉM DAS MARÉS (fragmento da poesia)


O AMOR ALÉM DAS MARÉS   (fragmento da Poesia)

Tomara ver o mar
na murada de um cais,
deixar a brisa marinha invadir-me,
tocar meu rosto e sussurrar segredos
além das marés, de onde meu amado vem voltando
de qualquer lugar desse marzão sem fim.

Quero ouvir um violão em acordes suaves
que me façam tentar esboçar um verso de uma canção.
Amor é isso,
também  é isso!
É imaginação criativa e chamego.
Chamego é bom!
Botar dengo nas palavras,
ares de melosidade.
O amor nos torna melindrosos,
abrindo o coração às sensações românticas.

Quero viver neste estado de graça!
De um amor, um grande amor,
que vem e fica muito maior que toda
a imensidão do mar,
de todos os molejos e  danças das marés!
Amor, para sempre amor.
Quem não quer um assim?!

by Didi Leite
  

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário