ARTE DAS LETRAS

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

POESIA - DE LUAR E DONZELA


DE LUAR E DONZELA
Noite escura,
céu aberto,
estrelas piscam.
A lua rouba do sol a luz
e prateia os jardins,
as enseadas, atravessa a vidraça
e, abusada, entra no quarto da donzela.
Que susto!
O casal escondido cata as roupas.
O rapaz  num segundo está vestido, e se vai.
O pai da moça faz ronda
 à  porta do quarto dela.

Ele esqueceu de montar guarda sob a janela.

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário