ARTE DAS LETRAS

domingo, 14 de fevereiro de 2016

POESIA - COMPRO, NÃO COMPRO


COMPRO, NÃO COMPRO, CAPITULEI

Compro ou não compro?
Olho, namoro e pondero.
Meu cartão me abre portas
pra tentação.
Então compro.

Dúvida!
Mas preciso disso mesmo?
Estanco!
Impulso feroz!
Mas por que não?
Sabotagem!
Preciso me presentear.
Que dúvida atroz!
Mas e fatura no final do mês?
Absurdo ser vencida por uma vitrine.
Não! Não compro, não.

Fico sossegada e sigo contente
me venci ante o apelo insistente.
Mas queria tanto comprar!
Dou uma volta por todo pavimento.
Mas cá estou novamente
diante da meu objeto do desejo.
Compro ou não compro?

Ah! Compro. Comprei!
E a fatura?
Parcelada!
Depois se vê,  depois se paga.
Sacola na mão vou feliz como criança
Meu cartão me garantiu a satisfação de ter.

Mas nem por isso deixei de ser.    

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário