ARTE DAS LETRAS

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

POESIA - FLORES DISPENSADAS


FLORES DISPENSADAS

No canto do meu portão
nasceu uma folhagem
que dele se assenhoreou,
Majestosas folhas riscadas em
veios como rios que
nascem do  meio.
Lindas folhas que de tão belas
não se vê brotando flor.
Não precisa juntar mais encanto,
pra que flores?
Estas folhas dispensam a presença delas.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário