ARTE DAS LETRAS

quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

POESIA - DOIS BARCOS


 

PERTO E NUNCA JUNTOS

Dois barcos amarrados  no cais,
mas distantes.
Como amores impossíveis,
que tão perto vivem,
mas separados,
atados a cordas diferentes.
Pertos, nunca se encontram...

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário