ARTE DAS LETRAS

sábado, 2 de janeiro de 2016

POESIA - DEVOLVA


DEVOLVA-ME

Mão que se entrelaçou na minha,
devagar, de mentirinha.
Solta no ar ela procura
aquela que se afastou repentina.
Espero ou desisto?

Vaga  pela madrugada
minha mão estendida
pedindo só que devolva
meu coração que você levou

sem pedir licença alguma.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário