ARTE DAS LETRAS

domingo, 6 de dezembro de 2015

POESIA - MINHAS ÁRVORES DE NATAL


DUAS ÁRVORES DE NATAL

Armei ou arrumei minha árvore de Natal!
Peguei cuidadosamente cada enfeite,
cada luzinha,
cada estrelinha
e fui  dispondo nos galhos.
Aqueles enfeites vêm carregados
de energias de anos passados.
Momentos positivos,
de risos, alegrias,
presentes ...

Também arrumo uma outra árvore
no coração.
Uma árvore cheia de saudades
de lembranças da família inteira
reunida... Surpresas!
Alegrias, músicas e carinhos.
Hoje, tanta ausência,
ausência do que era contente,
do que era feliz, unido...
Saudades do que foi tão presente...
Todo mundo tem duas árvores de Natal,
E não?

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google



Nenhum comentário:

Postar um comentário