ARTE DAS LETRAS

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

POESIA - A GENTE ERA O QUINTAL


  A GENTE ERA O QUINTAL

E aquelas tardes passavam tão infantis
que a gente  se achava como sendo parte
das árvores,
da florzinha do canteiro,
da joaninha no galho,
dum pardalzinho voando
e de uma borboleta fazendo bailados
aqui e ali.
A gente era  uma coisa só,
não se sabia onde começava um
nem terminava  o outro.
Eta vida danada de boa!
A  gente era mesmo é o quintal

e o quintal era a gente...   

by Didi Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário