ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

POESIA - APLAUSOS E CRÍTICAS


DE APLAUSOS E CRÍTICAS

Ao artista a falta de plateia
causa insegurança profunda;
Se não há aplauso sua inspiração se dilui.
Ele fica achando tudo o que fez,
tudo o que faz e poderia fazer
 tolo, sem valor
e não merece ser exibido.
O talento se fecha em concha.
Entra em tempo de  estio.

Ninguém que deixa escapar de si algo
que cultiva, sente e vislumbra
espera por lucro,  ouro  ou riquezas.
A intenção primeira é passar adiante
para que outros e mais outros compartilhem
de um sentimento que olhe ocorreu.
E que este possa despertar bela  emoção
em tantos quantos virem, ouvirem ou verem
pedacinhos do seu coração.

Nenhum artista suporta crítica.
Quem disser em contrário
 - mente -
A crítica  soa como uma tentativa de mutilação
de um filho que lhe saiu das entranhas.
Seja esse filho, desajeitado, feio e até aguado.
Sua cria é, e como tal não se admite desprezo.
Mas a crítica é útil ao artista,
porque o enche de brio e mais e mais
firma seu espírito criador.
O artista aceita a crítica como um desafio
a fazer sempre melhor.
E na maioria das vezes o faz!

By Didi Leite

Ilustração Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário