ARTE DAS LETRAS

domingo, 15 de novembro de 2015

GOTAS DE POESIA - ACENO


CAMINHAR NA LIBERDADE

E minha mão ficou no ar
num aceno de adeus de não mais acabar.
Você foi se afastando,
distante,
diminuindo de tamanho,
caminhando,
pequeno, pequenino,
ponto invisível.
Se apagou de vez,
das vistas e da memória.
Eu fui andando na minha liberdade...

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário