ARTE DAS LETRAS

domingo, 4 de outubro de 2015

POESIA - FALAR DE AMOR


FALAR DE AMOR

Sentimento latente
recolhido e domado
faz bater sereno o coração.
Vulcão adormecido
parece extinto,
mas só parece.

Falar de amor
é difícil e fácil
quando não se está amando.

Difícil porque
causa uma desconfortante sensação,
um pudor
de ser piegas,
chorosa,
derramada
e melosa.

Fácil porque
é falar do sentimento do mundo,
da emoção que se vive,
da alma em alegria,
leve como pluma,
ardente  como o sol
e solta como nuvem.

O  amor é moeda de dupla face
que tanto pode sair coroa
como cair de cara no chão.
Sentimento dúbio que traz atrelado
felicidade e tristeza
alegria e dor
e como desfecho
o céu ou a mais completa solidão.

Insistir em amar é sonho.
Desistir de amar é decisão.
Cada um que faça sua escolha
e assuma as consequências
da sua posição.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google






Nenhum comentário:

Postar um comentário