ARTE DAS LETRAS

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

POESIA - NOITE DE SOLIDÃO


NOITE DE SOLIDÃO

Neste céu marinho escuro e prateado,
pés vão passando,
cabeças pensando,
olhos atentos,
sorrisos de uns despreocupados
e de outros ansiosos com sonhos esperados.
Lamentos, lágrimas e suspiros.
Correm soltas a desilusão e a solidão,
fazer o quê?
Se a vida lhe deu uma noite vazia,
sossegue, amanhã será outro dia,
e quem sabe aparece uma companhia,
que encha seu coração,
sua mente, seu corpo
e mate essa solitária agonia....

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário