ARTE DAS LETRAS

domingo, 20 de setembro de 2015

POESIA - CANTO A UM AMOR QUE SE FOI


CANTO DA LIBERDADE

Eu amei
e amando me deixei levar
pela emoção da felicidade
que se avolumava no coração.

Eu sorri
 muito mais do que podia sorrir
com carinho e alegria
de imaginar só eu e você
neste mundo de fantasias que criei.

Eu chorei,
muito mais do que queria chorar
pela dor de ver tudo desmoronar,
meu castelo de amor,
 de sonhos  e   ilusão.
E você foi ficando  longe
pra eu alcançar
e só no pensamento
 você ainda estava aqui.

Mas a dor,
a dor infinda de constatar
que eu errei,
porque não se pode amar  assim,
de olhos fechado como eu amei,
muito mais do que devia amar.

Eu renasci
Muito mais do que um simples renascer,
a vida voltou ao  meu tolo coração
com tudo o que eu havia matado em mim,
E ao redor floresceu,
acendeu a luz nos olhos meus
e coloriu.
A tristeza se foi sem discussão.

Eu cantei
muito mais do que tinha pra cantar
e  me festejei
por saber que eu podia renascer,
que eu era a dona do meu ser

e sem você eu podia viver feliz.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário