ARTE DAS LETRAS

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

GOTAS DE POESIA - AMORES QUE NÃO EXISTEM MAIS



AMORES QUE NÃO EXISTEM MAIS

Queria um amor,
não um qualquer,
nem um tipo repetido.
Queria um amor que esquecesse meu corpo
e pensasse nos motivos
do meu olhar,
do meu  sorriso,
do meu assunto
e que saíssemos caminhando lado a lado
pelo fim de uma tarde de inverno,
braços soltos a se encostarem,
 e mãos de leve a se roçarem.
Que fossemos rumo a um cinema,
ou a uma praça, quem sabe,
comer algodão doce
sem compromisso com qualquer coisa que fosse.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google


Nenhum comentário:

Postar um comentário