ARTE DAS LETRAS

domingo, 23 de agosto de 2015

POESIA - ÚLTIMA VEZ


ÚLTIMA VEZ

Há um momento numa  hora,
num dia que é único
porque é o último.
A última vez que transpomos
o portão da casa que nascemos e crescemos,
o portão da escola aonde iniciamos os estudos,
o portão da Faculdade,
a porta aonde trabalhamos por anos e anos.

São tantos últimos momentos!
Tantas vezes, que nem lembramos o que vestíamos,
se alguém estava com a gente,
o que pensávamos....
E lá não voltamos mais
porque já empreendemos outros caminhos,
falta tempo,
sobra desinteresse em voltar.

Nunca voltei aos lugares de onde saí,
porque voltar é nostálgico.
Só uma vez voltei já moça feita ao lugar
onde nasci e  cresci, meu quintal.
Foi triste porque não me achei ali.
Foram meus olhos que cresceram
ou os recantos que encolheram?
Tudo tão acanhado
tão pequeno, sem magia
e sem encanto algum.

Há momentos que são  últimos,
e devem ficar lá atrás mesmo
como última vez.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google



Nenhum comentário:

Postar um comentário