ARTE DAS LETRAS

segunda-feira, 20 de julho de 2015

POESIA - AMIGA QUE QUASE NINGUÉM TEM


Vale a pena ler de novo! 

AMIGA QUE QUASE NINGUÉM TEM

Incondicional é a amizade
verdadeira e de raiz
fincada na mente e no coração.
Dessas com que se esbarra na vida
e se elegem sem explicação.

Amiga entende, percebe  e  retrocede
não deixando a outra em dilema
nem em "saia justa" .
Cala no momento certo,
não invade silêncio e reticências.
Abre os braços para num abraço
festejar, apoiar, compartilhar
detalhes em todas as essências.

Amiga entende as evasivas,
que lembram a rosa
do menino do asteroide.
São pequeninas defesas
que a outra se dá
para não ter que mentir e desagradar,
ou  dura verdade falar.
Bobagem!
Amiga entende todas.
Entende tudo.
Nada escapa do atento coração,
do sentido primeiro que  norteia sua razão.

Mais que ajudar, uma amiga, placidamente,
se entrega no ato de ser ouvinte
de queixa, segredo e fracasso.
Também se regozija com a alegria,
o êxito e o sucesso.
Comove-se e detém a lágrima
da outra que insiste, repentinamente,
em cair e seu rosto molhar.
Não se poupa pela amiga rezar
quando nenhuma oração
à cabeça  lhe vem para recitar.
Mas reza muda só com olhos
voltados para o céu.

Amiga da amiga
via de mão dupla.
De coração a coração,
que encanta, cativa
vicejando mais e mais
um amor que muitos
não compreendem, não.
E isso não tem fim.
Como?
Não sei.
Só sei que comigo é assim!

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google




Nenhum comentário:

Postar um comentário