ARTE DAS LETRAS

domingo, 19 de julho de 2015

PÁGINAS SOLTAS - POESIA DA INTERNET



 ESSA TAL DE INTERNET...

Que irritação momentânea a Internet caiu,
e com a queda lá se vai tudo pro espaço,
perdem-se rascunhos não salvos,
perde-se tempo.

Web que prende a gente,
que contém arquivos,  ideias e sentimentos
que somem de repente.
Sem mais nem menos cai
sem muito nem pouco volta
e a gente cria alma nova.

Estamos fritos, acostumados
nessa rede que nos liga ao mundo
e o mundo a gente.

Vamos ver até quando ela  fica no ar.

by Didi Leite

Ilustração Imagem Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário