ARTE DAS LETRAS

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

POESIA - DE MÃOS EM MÃOS




DE MÃOS EM MÃOS

Espalmo minhas mãos
ao ar do dia que começa.
Em cada dedo vejo que
do mindinho salta carinho;
do seu vizinho, compreensão;
do pai-de-todos, paz;
do fura-bolo, amor
e do mata-piolho razão.
Isso passa da direita pra esquerda,
com ternura e meiguice.
Também passa da minha

para quem aceitar meu aperto de mão! 

by Didileite
Ilustração Imagem Google 

Nenhum comentário:

Postar um comentário