ARTE DAS LETRAS

domingo, 29 de junho de 2014

POESIA - TARDES DE DOMINGO


TARDES DE DOMINGO
O domingo descansa do almoço.
O gato dorme tranquilo seu sono preguiçoso.
Tudo limpo e arrumado,
descansa a louça no armário.
As crianças brincam com joguinhos.
Sentada penso no dia de amanhã,
enquanto enrolo nos dedos meus cabelos
em rendilhas aneladas.
Segunda, cedinho, vem o sol
despertador a me chamar para o trabalho.
Pular da cama e sair para desafios do novo dia.
Correr atrás das horas,
sonhando com outro fim de semana.
Nossa! Como ando cansada!
Parece que giro numa roda gigante
que não para de dar voltas.
Pisco os olhos molemente.
Volto a olhar para minha silenciosa
tarde de domingo.
Suspiro e penso:

- Hoje, ainda é domingo!-

BY Didileite
Ilustração Imagem Google
Direitos Autorais registrados na Fundação Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro 

Nenhum comentário:

Postar um comentário